METROPOLITAN MUSEUM OF ART de Nova York

O Metropolitan Museum of Art (o MET) é imperdível até mesmo para quem não aprecia arte e museu. O MET é um dos maiores centros de arte do mundo, abrangendo 5 mil anos de cultura de todas as partes do Globo. Teve suas origens em 1866, em Paris, na França, quando um grupo de norte-americanos concordaram em criar uma “Instituição Nacional e Galeria de Arte” para trazer a arte e arte-educação para o povo americano.

Então, em 13 de abril de 1870, o MET foi aberto ao público pela primeira vez no Edifício Dodworth na 681 Fifth Avenue. Em 20 de novembro do mesmo ano, o Museu adquiriu seu primeiro objeto, um sarcófago romano. Em 1871, foram incluídas ao acervo 174 pinturas europeias, incluindo obras de Anthony Van Dyck, Nicolas Poussin e Giovanni Battista Tiepolo.

Em 30 de março de 1880, depois de uma breve passagem para o edifício Douglas Mansion na 128 West 14th Street, o Museu abriu ao público em seu local atual na Fifth Avenue, em 1902. Os arquitetos Calvert Vaux e Jacob Wrey projetaram a estrutura gótica, desenhando a fachada que é o cartão postal do MET. Na sua visita ao museu, você certamente verá muitas pessoas conversando e lanchando.

O edifício se expandiu enormemente e é impossível conhecê-lo todo em apenas uma visita.

Na galeria de pinturas europeias, você encontrará as obras de Holbein, El Greco, Velázquez, Rembrandt, Giotto, Gauguin, Vermeer, Bruegel (o Velho), Van Gogh, Picasso, Hals e Constable, entre muitos outros. Lá, também está uma galeria de artes aplicadas do período colonial americano, a fonte de Isamu Noguchi, o pátio chinês e até um autêntico templo egípcio, Dendur, presente do governo daquele país em reconhecimento da ajuda americana para salvar os monumentos de Abu Simbel.

No primeiro andar você encontra os departamentos dos Estados Unidos, África, Oceania e Américas; Armas e Armaduras; Arte egípcia; Esculturas europeias e artes decorativas; Arte grega e romana; Arte medieval; Arte contemporânea e a Coleção Robert Lehman.

No segundo andar estão outras exibições dos departamentos dos Estados Unidos, Arte grega e romana e Arte contemporânea, além de novas alas: Oriente Próximo; Oriente Médio; Ásia; Desenhos e Pinturas; Pinturas europeias; Música; Fotografia; e Esculturas e Pinturas dos séculos 18 e 19.

Minha dica é que antes de ir ao museu, dar uma espiadinha no site e veja o mapa para planejar a sua visita e não perder tempo. Assim, também você não deixa nada do que mais gosta de fora!

O museu oferece ainda 9 opções de restaurantes que variam do simples ao chique. Eu fui depois do almoço e acabei só tomando um café na Cafeteria que fica entre o pátio das (deslumbrantes) esculturas europeias e uma parede de vidro colada no Central Park. Mas posso garantir que um simples café nessa atmosfera já se torna uma experiência incrível. Para saber mais sobre onde comer no MET, clique aqui: http://www.metmuseum.org/visit/plan-your-visit/dining-at-the-museum

O Met possui também um outro prédio anexo, “o Cloisters” com arte e arquitetura medievais.

Site: http://www.metmuseum.org/visit

Localização: Edifício Principal – 1000 Fifth Avenue (na rua 82), New York, NY 10028 | 1(212)535-7710          Cloisters – 99 Margaret Corbin Drive, Fort Tryon Park, New York, NY 10040 | 1(212)923-3700

Horário de funcionamento: Domingo a quinta – 10h às 17h30  Sexta e sábado – 10h às 21h

*O museu fecha no Thanksgiving Day, Natal (25 de dezembro), 1º de dezembro e na 1ª segunda do mês de maio.

Valor: o valor sugerido é US$25, mas você pode pagar o quanto quiser.

central park 105 central park 111 DSC01260 DSC01359 DSC01411 DSC01449 Miro Monet Picasso Van Gogh

Por Rosana Vasques

Um comentário em “METROPOLITAN MUSEUM OF ART de Nova York

Deixe um comentário

Seu email não será publicado.

*