Museu de História Natural em Nova York

By Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

Última modificação em 25 de abril de 2020

O Museu de História Natural em Nova York  é o maior museu de história natural do mundo! Hoje, convido todos a conhecê-lo, pois tenho certeza que irão se encantar.

Considero o passeio indispensável para quem vem a Nova York, e, se a viagem é com criança, a visita é obrigatória. 🙂 O museu é super educativo e interativo.

Museu de História Natural em Nova York

Todos ficam maravilhados com a diversidade e a grandiosidade das exposições. Aqui, você aprende tudo sobre o surgimento do Universo, os primórdios das civilizações, como viviam os animais pré-históricos, tudo vida marinha, além de outras atrações super interessantes.

O famoso filme “Uma Noite no Museu (2006)”, parcialmente filmado no local, utiliza suas atrações do como cenário e pano de fundo para a roteiro.

IMG_2681
Esqueletos de Dinosauros

Sobre o museu de História Natural

Fundado em 1869, o museu tem localização privilegiada, já que sua entrada principal fica na Central Park West, que é a avenida que percorre todo o lado oeste do parque mais famoso do mundo.

Conheça muitos mais segredos de NYC no nosso Walking Tour

Exposições permanentes

As exposições estão distribuídas pelos cinco 5 andares do museu, incluindo o subsolo (Lower Level). Assim, uma enorme quantidade de exposições (45 no total) permanentes podem ser visitadas, dentre elas:

  1. Biodiversidade e Meio Ambiente
  2. Pássaros, anfíbios e répteis
  3. Sistema Solar e Universo
  4. Fósseis
  5. Mamíferos

Lower Level – Subsolo

No subsolo você encontra uma enorme praça de alimentação e uma parte da ala do Rose Center for Earth and Space, pois nenhum passeio é completo sem aproveitar as comidas do museu.

Hayden Planetário

O Rose Center for Earth and Space, que fica no Lower Level, 1º e 2º piso é imperdível. Toda a galeria é construída ao redor do Hayden Planetário, onde você pode aprender tudo sobre o o surgimento do universo, galáxias, estrelas e planetas. Pode-se, também, assistir a um vídeo muito legal sobre o Big Bang, além de passear pelo Caminho Cósmico para uma breve, mas interessente, lição sobre a história do universo.

1º Piso – térreo

Uma das pricipais atrações do planetário, o Space Theater atualmente exibe o filme “Worlds beyond Earth”, que tem duração de 25 minutos. Apesar da narração ser em inglês, os efeitos especiais e a fotografia do filme valem a experiência.

Dica: Na compra do seu ingresso, já reserve o horário para fazer a visita ao Planetário, já que, às vezes, a fila para as exibições pode ser grande.

Neste andar encontram-se também os dioramas do mamíferos da América do Norte, além do salão que relata com impessionantes detalhes, a origem do Homem.

Outra área “must go” do 1º andar é o Hall do Ocean Life. Logo na entrada, somos “recebidos” por uma baleia azul de 27m de comprimento, suspensa no teto. No andar inferior do mesmo hall, há outros dioramas que retratam a vida marinha com grande riqueza de detalhes.

2º piso – entrada / saída principal

Este é o andar da entrada principal do museu, na Avenida Central Park West, exatamente onde encontramos a estátua de Theodore Roosevelt, que, mais do que naturalista e patrono do museu, foi o 26º presidente dos EUA.

Planta do 2º piso do museu de História Natural

Aqui está a bilheteria, balcão de informações e guarda volumes. Logo em frente ao hall principal de entrada, está o hall dos Mamíferos Africanos. Ao adentrar no salão, os visitantes se deparam com 8 elefantes africanos. Ao redor dos elefantes, 28 cenários com leões, girafas, zebras, além de muitos outros grandes mamíferos e aves da África compõem um das exposiçnoes mais interessantes do museu.

Todos esses dioramas foram construídos no início do século XX, utilizando animais e plantas capturados nos seus habitates naturais. Notes-se o trabalho minucioso realizado em conjunto por fotógrafos, cientistas, escultores, pintores e taxidermista na elaboração e execução dos cenários.

Mamíferos africanos – 28 dioramas compõem esta ala

Nesse mesmo andar, fica o auditório do Hayden Planetário, onde é exibido o filme do Big Bang.

3º piso

O terceiro andar é a parte menos visitada por turistas que não têm muito tempo disponível para se dedicar ao museu, já que, aqui, as atrações, apesar de interessantes, não são tão populares.

As exposições do andar cobrem as civilizações do Pacífico e civilizações nativas da América do Norte.

4º andar – fosséis

O quarto andar é o mais conhecido e visitados por todos, por isso o movimento costuma ser o mais intenso de todo o museu. O 4º andar é a casa dos dinossauros e de todos os animais pré-históricos que fazem parte do acervo do American Natural History Museum, ou, ANHM, como é conhecido entre os locais.

Impossível não nos surpreendermos com os fósseis exibidos, como o T-Rex ou gigantesco Titanossauro que, de tão grande, não cabe em somente uma galeria.

Exposições especiais

Há, normalmente, 6 exposições especias que ficam em cartaz por alguns meses. Para desfrutá-las, é necessário comprar ingresso especial, pois o valor pago para curtir as exposições permanentes não inclui as atrações especiais.

Confira aqui as exposições especiais em cartaz.

Você gosta de lojas de museus? Então vai se encantar com as lojinhas do Museu de História Natural. Em cada andar há uma loja com artigos que correspondem às exposições ali exibidas. Vale a pena conferir!

Horário de funcionamento do museu de História Natural

Todos os dias das 10h às 17h45.

O museu fecha apenas no dia de Ação de Graças e Natal.

Endereço

Central Park West, New York, NY 10024 (entre as ruas 77 e 80).

Como chegar no Museu de História Natural

Metrô – linhas Azul (C) ou Laranja (B) até a 81 St – Museum of Natural History

Valores

Apesar do museu aceitar qualquer valor como entrada, eles sugerem os seguintes preços à título de doação:

Adulto – US$23 (incluir Hayden Planetarium custa US$27)

Criança – US$13

Idoso – US$17

Hall Origem Humana – 1º andar

Leia também: Principais atrações de Nova York.

Para conhecer as exibições especiais, é necessário pagar um valor a parte antes de entrar em cada exibição.

Site oficial: https://www.amnh.org

Passe turístico que inclui ingresso para o museu

CityPASS

Sightseeing Pass

New York Pass

Dicas sobre o Museu de História Natural

  1. o museu abre às 10h, então tente chegar um pouco antes. Assim, o museu não vai estar cheio e você terá mais opotunidade de tirar fotos sozinho e passear tranquilamente pelas galerias do museu;
  2. evite ir nos finais de semana, pois tendem a ser mais movimentado;
  3. reserva pelo menos 2h para conhecer;
  4. pegue o mapa (há disponibilidade em português) antes de entrar. Dessa forma, você já seleciona os lugares de maior interesse;
  5. há uma praça de alimentação grande e bem sortida no subsolo; e
  6. comece o passeio pelo 4º andar.
IMG_2686
Visto para o Central Park no verão
IMG_7337
Visto para o Central Park no inverno

Você já conhece o Museu de História Natural? Deixe aqui seu comentário com sua experiência.

Com carinho,

Marina

Última modificação em 25 de abril de 2020, por Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

7 respostas para “Museu de História Natural em Nova York”

  1. Francine disse:

    Oi Marina
    vou para NY em Maio e gostaria de saber se tem alguns pontos turisticos que preciso agendar a visita com antecedência? por exemplo o Memorial 11/09? e como faço pra agendar?

    Grata
    Fran

  2. Provavelmente irei estar de volta para ler mais. agradeco

  3. Ana disse:

    Oi Marina,

    Descobri o blog há pouco tempo e estou amando!!! Eu e o meu namorado iremos para NY em julho e pretendemos visitar vários museus, adoramos! Eu queria então perguntar se você tem algum dica de qual dia da semana, ou horário para visitar os museus, quando tem menos gente… Porque sei que em julho está tudo bem lotado!! Beijos e obrigada por todas os posts valiosos ;-D

  4. Carla disse:

    Olá, bom dia! Ouvi falar que tem uns dias específicos em que alguns museus são free, sabe me dizer? Queria saber do Met e do História Natural.
    Obrigada!
    Carla

    • andrea carneiro disse:

      Gostaria de informar que os valores das entradas no Met e no Museu de história Natural são sugeridos, isto é, você paga o quanto quiser,a qualquer hora do dia.Só se for visitar o planetária será obrigado a comprar o ingresso total. Espero ter ajudado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#novayorkevoce

Poste sua foto com a #novayorkevoce e apareça aqui.