Central Park: explorando o parque mais famoso de NY

By Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

O Central Park é o principal ponto turístico de Nova York. Em primeiro lugar, de 10 entre 10 pessoas que chegam à cidade vão visitar nem que seja um pedacinho dele, já que percorrer os seus três milhões e quatrocentos mil metros quadrados não é tarefa fácil. Por isso, listamos 15 lugares para você conhecer no Central Park.

Por lá estão muitos lugares interessantes que nós, inclusive, adoramos visitar sempre que possível. Vamos imaginar que você entre no parque pela Columbus Circle e para ajudar nesse passeio, minha dica é pegar um mapa no Centro de Informações ao Turista que fica a alguns metros após a entrada.

Ou clique aqui que irá direcionar você para o mapa que criei no Google Maps.

Central Park
Central Park no outono

Curiosidades sobre o Central Park

O parque foi inaugurado em 1857 e foi todo planejado.

Tem o formato retangular, possui uma área de 843 acres e mais de 20.000 árvores.

O Central Park é limitado ao sul pela rua 59 e ao norte pela rua 110. Ao longo das margens do parque, as ruas são nomeadas como Central Park North, Central Park South e Central Park West. E somente a 5ª Avenida, que margeia o parque ao leste, não muda de nome.

Central Park

O que visitar no Central Park?

  • Greyshot Arch
  • Strawberry Fields
  • Bethesda Fountain
  • Bethesda Arcade
  • Bow Bridge
  • The Mall
  • Alice in Wonderland
  • Belvedere Castle
  • Vanderbuilt Gate
  • Conservatory Garden
  • Wollman Rink
  • Sheep Meadow
  • Conservatory Water
  • Zoológico
  • Playgrounds para as crianças
Torne sua viagem muito mais inesquecível!

Greyshot Arch

Nossa primeira parada é no Greyshot Arch, que está a 300m do Columbus Circle. O arco é uma das passagens mais usadas por pedestres e foi construído em 1860.

Onde: entre as ruas 61st e 62nd, bem perto do Merchant’s Gate.

Strawberry Fields

É logo no início da Terrace Drive que fica o Strawberry Fields. Este é um jardim em homenagem a John Lennon e foi inaugurado no dia em que se comemoraria o 45º aniversário do cantor, em 1985, cinco anos após a sua morte. É lá que fica o famoso mosaico “Imagine”, outra homenagem a uma das músicas mais famosas dos Beatles.
“Strawberry Fields Forever” é uma canção onde o cantor ingês relembra o jardim que frequentava próximo à sua casa, durante a sua infância.

Onde: rua 72 lado oeste do parque.

Bethesda Fountain

Um dos lugares mais fotografados do Central Park sem dúvidas é esta belíssima fonte. O cenário é perfeito, pois ela está centralizada em uma praça rodeada de árvores e com o lago ao fundo. O melhor lugar para fotografá-la certamente é o Bethesda Terrace. A fonte que recebe a estátua do Anjo das Águas foi construída entre 1859 e 1864 e é uma alusão a uma história do Evangelho de João.

Onde: o terraço fica na altura da 72nd Street no centro do parque.

Bethesda Fountain

Bethesda Arcade

Embaixo do terraço está a passagem mais linda que se pode imaginar. Ela é toda decorada com mais de 15.000 ladrilhos coloridos. Aqui é o único lugar do mundo onde os ladrilhos da famosa empresa inglesa Minton Tile Company são usados no teto e não no chão. De fato, uma obra de arte magnífica! Há sempre músicos no local tornando ainda mais especial a sua visita.

Onde: altura da 72nd Street no centro do parque.

Detalhe para o teto

Bow Bridge

Saindo pelo lado esquerdo da fonte está a mais famosa ponte do Central Park, a Bow Bridge. A ponte de 26,51m foi construída em ferro fundido e é a maior do parque. Centenas de filmes já usaram a Bow Bridge como locação. Ah, para uma foto ainda mais perfeita dela, passe um pouquinho, continuando o caminho pelo lado esquerdo, que ela fica com um enquadramento ótimo!

Onde: rua 74 no centro do parque

A minha ponte preferida no Central Park

The Mall

Se você ficar de costas para a Bethesda Fountain verá o The Mall, que é uma passarela que fica ao longo das ruas 66 e 72 no meio do parque. No verão, as copas das árvores de unem e no outono, as folhas amareladas e avermelhadas cobrem o caminho.
O trajeto é ocupado por artistas de ruas e barracas com pinturas e souvenirs.

Curiosidade: O The Mall é a única rua em linha reta do parque.

Onde: ao longo das ruas 66 e 72 no centro do parque.

central park

Alice in Wonderland

A escultura onde estão os principais personagens da mais famosa fábula de Lewis Carroll fica entre as ruas E 75th e E 76th, a 250m da Fifth Avenue e ao lado do lago Conservatory Water.

Além da Alice, também estão presentes o Gato, o Coelho e o Chapeleiro Maluco. A estátua de 11m é uma das poucas em que se é permitido subir nela.

É também um grande símbolo de amor; Alice foi um presente dado à cidade de Nova York, em 1959, pelo jornalista e filantropo George Delacorte, para homenagear a sua mulher já falecida, Margarita Delacorte.

Curiosidade: A estátua foi desenhada e construída para ser escalada.

Onde: entre as ruas E 75th e E 76th, pertinho do Conservatory Water.

central park
Eu e os meninos no Alice in Wonderland

Belvedere Castle

Quando você chega ao Belvedere Castle, rapidamente se esquece que está em Nova York e se sente transportado para um conto de fadas. O castelo é lindo! Se não bastasse toda a sua beleza, a vista dele é uma das mais bonitas do Central Park, pois fica às margens do Turtle Pond, o lago habitado por tartarugas, e ao fundo estão os prédios do Norte de Manhattan.

Curiosidade: Desde 1919, a temperatura oficial do parque é obtida pelo equipamento que fica no topo da torre.

Onde: na parte central do parque, na altura da rua 78.

Belvedere Castle

Vanderbuilt Gate

Uma das entradas mais charmosas para o Central Park certamente é o Vanderbuilt Gate. O portão que fazia parte do castelo – construção que hoje é a principal loja da Bergdorf Goodman, na Fifth Avenue – de Cornellius Vanderbuilt, um aristocrata do século XIX, foi dado de presente ao Central Park no ano de 1939 pela filha do magnata. O portão dá acesso ao Conservatory Garden.

Onde: entre as ruas E 104th e E 105th perto da 5ª avenida.

Vanderbuilt Gate

Conservatory Garden

O jardim oficial do Central Park é um lugar de paz. O silêncio e calmaria reinam por ali, já que não é permitido entrar com bicicletas. É um lugar tão lindo que muitas pessoas escolhem casar por lá. As ornamentações das plantas são divididas em três estilos: inglês, francês e italiano. Quando estiver por lá, procure pela passarela que dá para ter uma vista incrível de todo jardim. As fotos ficam ótimas! A melhor época para visitar o jardim é durante a primavera e até meados de agosto.

Onde: entre as ruas E 104th e E 105th perto da 5ª avenida.

central park

Wollman Rink

No outono e inverno, no espaço do Wollman Rink é instalado uma das maiores pistas de patinação de Nova York. Eu gosto bastante, além da paisagem deslumbrante, a pista é bem menos concorrida que a do Rockefeller Center e a do Bryant Park.

Onde: rua 63 do lado leste do parque.

Para saber sobre os horários de funcionamento, clique aqui. Para valores, clique aqui.

Leia também: As melhores pistas de patinação de Nova York.

Central Park
Wollman Rink

Na primavera e verão, no local da pista é instalado o Victorian Gardens Park, o que me lembra muito os clássicos parques de diversão.

Horário de funcionamento e valores, você encontra no site oficial: https://www.victoriangardensnyc.com/

Central Park
Victorian Gardens Park

Sheep Meadow

Sheep Meadow é a área mais popular do parque para se estender uma toalha e fazer piquiniques, descansar, ler livros e até praticar esportes.

Muitos definem que o Sheep Meadow é o oásis no meio de Nova York. São 15 acres de terra para você curtir o passeio pelo parque queridinho dos nova-iorquinos.

Curiosidade sobre o local: até a Grande Depressão que se deu em 1929, a região era um grande de ovelhas. E onde hoje é o restaurante Tavern on the Green era onde as ovelhas dormiam.

Onde: entre as ruas 66 e 69 no centro do parque.

central park
Sheep Meadow

Conservatory Water

Um programa bem legal no Central Park, principalmente se estiver com criança, é pilotar os barcos que estão no Conservatory Water há mais de 135 anos.

O valor do programa é US$11 por 30 min.

Onde: altura da rua 74 no lado oeste do parque, pertinho da 5ª Avenida.

Central Park

Playgrounds

No Central Park há 21 playgrounds para as crianças se divertirem e gastarem as energias.

Clique aqui e veja no mapa todas áreas de diversão.

Os parques que mais frequento são os localizados na rua 72 no lado leste, o Heckscher e o Adventure.

central park
Heckscher Playground

Bônus no Central Park: Zoológico do Central Park

Esta é uma parada obrigatória para quem vem a Nova York com crianças. Uma das maiores atrações é a imensa piscina, bem no centro do zoológico, onde os leões marinhos fazem acrobacias e divertem o público. Apesar do acesso ao Central Park ser gratuito, é necessário pagar a entrada para o zoológio. Os tickets custam US$19.95 para pessoas acima de 13 anos e US$ 14.95 para crianças entre 3 e 12 anos.Os idosos pagam US$16.95 e crianças até dois anos não pagam.

Clique aqui para ver post completo sobre o Zoológico do Central Park

Central Park
Entrada do Zoológico do Central Park
Central Park

O Zoológico do Central Park e do Brox fazem parte do The Sightseeing Pass Assim, você economiza de 40 a 70% nos ingressos de todas as atrações da cidade.

O passe turístico Sightseeing tem a opção do FLEX Pass, onde você escolhe até 12 atrações para visitar e você tem 30 dias para conhecer todas as atrações.

Leia também: Tudo sobre o passe turístico The Sightseeing Pass.

Onde comer no Central Park?

Há algumas opções para comer dentro do Central Park.

As opções de restaurantes são Tavern on the Green, que, particularmente, gosto bastante, Le Pain Quotidien e o Loeb Boathouse, que está localizado pertinho da Bethesda Fountain. Este último, acho que não tenha um ótimo custo benefício.

  • Tavern on the Green – rua 66 lado oeste
  • Le Pain Quotidien – rua 69 no centro do parque
  • Loeb Boathouse – rua 74 lado leste, bem próximo ao Bethesda Fountain

Há também alguns opções de cafés:

  • Dentro do Wollman Rink – rua 63 lado leste
  • Dancing Crane Cafe at the Zoo – rua 64 lado leste
  • Maoz no the Harlem Meer Snack Bar – rua 106 lado leste
  • Ballfields Cafe – rua 65 no centro do parque
  • Le Pain Quotidien no Kerbs Boathouse – rua 74 lado leste
Loeb Boathouse

O que é proibido fazer no Central Park

  • fumar
  • consumir bebidas alcóolicas
  • andar de biciclitas nas ruas exclusivas de pedestres
  • alimentar os animais silvestres
  • usar drones

Se você escolher explorar o Central Park de bicicleta, somente é permitido pedalar em um único sentido.

Central Park

Leia também: Explorando o Central Park de bicicleta.

Outono no Central Park em Nova York

Se você estiver em Nova York durante o outono, todo o parque fica com uma paleta linda de cores. Os caminhos de pedestres são margeados por gramados cobertos por folhas de maple, formando um dos cenários mais bonitos da cidade. Escolha o seu banquinho, ou se jogue no gramado, e tenha a certeza que as fotos nem vão precisar de filtro!

Leia também: Como se vestir no outono em Nova York.

Segunda-feira acontece nosso walking tour pelo Central Park

Central Park no Google Maps

Quem já foi ao Central Park em Nova York? Contem-me a sua experiência.

Com carinho,

Marina

Última modificação em 11 de agosto de 2020, por Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

7 respostas para “Central Park: explorando o parque mais famoso de NY”

  1. Aline disse:

    Amei!! Obrigada pelas dicas!! Estou indo em Dezembro!! Queria saber se todas essas indicações eu consigo ir em um dia só!

  2. Fabiane Campedeli disse:

    Marina obrigada pelas dicas. Irei no final de junho e estou devorando suas dicas. Vc sabe se o castelo já está reformado? Obrigada Fabiane

  3. Carolina Altenfelder disse:

    Ola Marina, vou em dezembro (Natal) com minha família e minha filha terá 1a4m. O zoológico essa época do ano vale á pena? Estou tentando organizar o roteiro nessa reta final

    • Marina Tajra Araujo disse:

      Olá Carolina,
      Sim, vale a pena. O passeio pelo zoo do Central Park não é demorado.
      Não esqueça de trazer um carrinho para ela. Isso irá ajudar muito na sua viagem.
      Abraços,
      Marina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso

Para segurança dos nossos clientes e guias, e para minimizar os riscos de propagação do COVID-19, os serviços de Walking Tour do Nova York & Você estão suspensos por período indeterminado. Esperamos que, em breve, possamos voltar a atender novos e antigos clientes para poder mostrar-lhes o melhor que nossa querida Nova York tem a oferecer.

#novayorkevoce

Poste sua foto com a #novayorkevoce e apareça aqui.