O que fazer no Brooklyn

By Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

Última modificação em 19 de maio de 2020

Que tal conhecer o Brooklyn na sua próxima viagem a Nova York? A região do Brooklyn vem, cada vez mais, atraindo turistas interessados em conhecer os encantos do distrito que se transformou, nas últimas décadas, destino obrigatório em quaisquer roteiros de viagem a Nova York. Por isso, fiz uma lista completa do que conhecer e fazer na charmosa, moderna e encantadora região nova-iorquina.

O que fazer no Brooklyn?

História do Brooklyn

O distrito do Brooklyn é um dos 5 “boroughs” que compõem a cidade de Nova York. O Brooklyn é o distrito mais populoso do estado de NY (+- 2.500.000 habitantes) e o 2º mais populoso dos EUA. 

O principal charme do Brooklyn fica por conta da variedade de etnias que compõe os habitantes da região, cujos restaurantes, mercados, feiras e lojas locais refletem a miscigenação dos brookynites.

São 3 as pontes que ligam os distritos de Manhattan e Brooklyn: Brooklyn Bridge (de 1883), Manhattan Bridge (de 1912) e Williamsburg Bridge (de 1903).

Onde se hospedar no Brooklyn

Para quem busca opções mais baratas de hotel, uma dica é se hospedar nos distritos do Queens ou Brooklyn. Entretanto, para facilitar o seu deslocamento para Manhattan, sempre busque por hotéis que fiquem próximos à estação de metrô.

Nesses regiões, muitos hotéis já disponibilizam café da manhã na diária e não cobram a taxa de resorte, que é comumente aplicada nos hotéis em Manhattan.

Booking.com

Bairros mais turísticos do Brooklyn

  1. DUMBO
  2. Williamsburg
  3. Bushwick
  4. Brooklyn Heights
  5. Coney Island

1. DUMBO

DUMBO é a abreviação de “Down Under Manhattan Bridge Overpass”, uma vez que é uma região de passagem que fica embaixo da Manhattan Bridge.

O lugar proporciona a seus visitantes uma vista espetacular de Manhattan. Os estilos arquitetônicos dos edifícios construídos nos séculos XIX e XX convivem em harmonia com as modernas construções comerciais e residências da região.

Antigamente, a região abrigava fábricas e armazéns que, após abandonados, atraíram muitos artistas locais por conta dos baixos custos dos imóveis.

DUMBO – Manhattan Bridge

Hoje, a região sofre os efeitos da chamada gentrificação, responsável pela mudança significativa do perfil social dos seus moradores. O investimento maciço em novas construções e na reforma de imóveis antigos aumentou significativamente o custo de moradia da região.

Nos últimos anos, a região foi “invadida” por trabalhadores do Distrito Financeiro de Nova York pela facilidade de acesso a Downtown Manhattan, aliada à alta qualidade de vida do DUMBO.

Aqui, ainda encontramos galerias de artes, lojas descoladas, empresas de tecnologia e restaurantes famosos, como o The River Café e Cecconi’s.

O histórico Jane’s Carousel, o Time Out Market e a ponte do Brooklyn também fazem parte das incríveis atrações locais.

DUMBO faz parte do nosso tour em grupo!

2. Williamsburg

Williamsburg é localizado na parte norte do Brooklyn. É definida por muitos como um bairro mais “cool” dos EUA. Os preços dos imóveis são comparados aos mais tradicionais de Manhattan.

É um dos bairros mais procurados por visitantes que preferem explorar lugares alternativos ao circuito turístico tradicional de Nova York.

Frequentado, essencialmente por locais, WILLIAMSBURG tem atraído turistas que preferem explorar lugares alternativos ao circuito turístico tradicional. Outros atrativos do local são as feiras de rua, o tradicional brunch de fim de semana, a famosa feira gastronômica Smorgasburg, a cena artística de rua e a noite animada.

Leia também: Tudo sobre a Smorgasburg.

O passeio é ideal nos meses de clima mais quente, quando o frio e a neve já se foram e as ruas do bairro ficam cheias e animadas.

Como chegar: Metrô – linha Azul (A) ou (C) até High St ou linha Laranja (F) até York St.

Leia também: Brooklyn Brewery – fábrica de cerveja bem legal na região.

Brooklyn Brewery

Outra dica de Williamsburg é ir no rooftop do Wythe Hotel. O local é super badalo e tem uma vista espetacular, principalmente no pôr do sol. Onde: Lemon’s no rooftop do Wythe Hotel – 80 Wythe Ave

3. Bushwick

 O passeio por Bushwick é ideal para os apreciadores de Street Art. A fama do local entre os fãs da arte de rua é tamanha que muitos já a comparam a Williamsburg como importante reduto de artistas. Enormes murais e grafites são exibidos por todo o bairro. Quem vier aqui, não pode deixar de comer a famosa pizza do Roberta’s.

Como chegar: metrô – linha Cinza (L) até Jefferson Ave. Caminhar até The Bushwick Collective.

The Bushwick Collective

4. Brooklyn Heights

O Brooklyn Heights é uma região residencial composta, na sua grande maioria, das famosas townhouses que fazem parte do cenário de vários filmes e séries. A maioria dessas casas foram construídas antes da Guerra Civil americana do século XVII.

O passeio por aqui é super tranquilo e agradável. As minhas ruas preferidas são a Remsen St e a Montague St, onde os charmos restaurantes e cafés impressionam quem caminha pelo bairro.

Brooklyn Heights Promenade

Aproveite para  curtir a esplanada do Brooklyn Heights e a vista magnífica para a Estátua da Liberdade, East River e Brooklyn Brigde. Complete seu dia com uma visita ao Brooklyn Brigde Park.

Como chegar: metrô – linha Vermelha (2) ou (3) até Clark Street ou linha Amarela (N) (W) ou (R) até Court Street

5. Coney Island

Durante grande parte do século passado, Coney Island era um dos lugares mais espateculares de Nova York. Conhecida na época como “People’s Playground” pela quantidade de parque de diversões e pelo boardwalk ao longo da praia. Inaugurado em 1903, o Luna Park é ainda considerado a mais famosa atração de Coney Island. Durante o verão, a praia local atrai multidões todos os fins de semana. Entre as atrações da região, estão o Aquário de Nova York, a tradicional lanchonete Nathan’s.

Leia também: Post completo sobre o Aquário de Nova York.

Como chegar: Metrô – linha Amarela (N) ou (Q) e linha Laranja (D) ou (F) até Coney Island/Stillwell Av.

Outras atrações turísticas do Brooklyn

Ponte do Brooklyn

Inaugura em 1883, foi a primeira ponte em suspensão dos EUA e a primeira ponte que ligou os distritos de Manhattan e Brooklyn. Diariamente, mais de 10 mil pessoas atravessam à pé os quase 2km de extensão da ponte.

Esse é um dos passeios mais legais dos nossos Walking Tours (privado e em grupo). Além da espetacular vista de Manhattan, a experiência de atravessar a ponte Brooklyn é inesquecível!

Ponte do Brooklyn

Feiras de Smorgasburg

Para os amantes das feiras gastronômicas de rua, o Smorgasburg oferece grande variedade de comidas feitas por vendedores locais, que buscam o reconhecimento de suas criações por nativos e turistas.

Aos sábados, a feira se une ao tradicional “mercado de pulgas” do East River State Park (na 90 Kent Avenue com North 7th), em Williamsburg. Aos domingos, a feira toma conta do Prospect Park.

Leia também: Tudo sobre a Smorgasburg.

Smorgasburg em Williamsburrg

Museu do Brooklyn

Fundado em 1897, o Museu do Brooklyn é um dos maiores e mais antigos museus de arte do mundo. Localizado em um lindo edifício em estilo Beaux-Arts, o museu abriga uma impressionante coleção de obras de arte.

Site oficial: https://www.brooklynmuseum.org/

Brooklyn Botanic Garden

O Jardim Botânico do Brooklyn faz parte do Prospect Park. É o local ideal para quem procura paz e silêncio em Nova York. Além disso, o festival anual que acontece na época de floração das cerejeiras é uma das minhas festividades favoritas em Nova York. Lindíssimo! Quer outra razão para visitar o Jardim Botânico? Ele fica ao lado do Museu do Brooklyn.

Leia também: Adquira seu passe turístico para economizar nas atrações.

Com carinho,

Marina

Última modificação em 19 de maio de 2020, por Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#novayorkevoce

Poste sua foto com a #novayorkevoce e apareça aqui.