Ponte do Brooklyn – atravessar a Brooklyn Bridge

By Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

A Ponte do Brooklyn é sem dúvida uma das atrações mais procuradas e visitadas pelos turistas em Nova York.

A sua construção, unindo os distritos de Manhattan e Brooklyn, revolucionou a cidade de Nova York, já que a conexão entre dos dois mais importantes boroughs só era feita por meio de balsa.

História da ponte do Brooklyn

Inaugurada em 1883, a Brooklyn Bridge foi a primeira ponte de aço suspensa do mundo e também o ponto mais alto da cidade, na época, representou enorme inovação da engenharia do mundo. A grandiosidade da ponte fica mais evidente quando sabemos dos diversos contratempos que ocorreram durante os seus 14 anos de construção.

Primeiro, John Roebling, engenheiro que a projetou e iniciou a sua construção, morreu logo nos primeiros meses de início da construção, por causa de tétano causado por um ferimento no canteiro de obra. Quem assumiu o projeto foi seu filho, Washinhgton Roebling. Devido a vários problemas de saúde, Washington Roebling, se distanciou do projeto e quem deu continuidade à obra foi sua esposa, Emily Roebling.

Seis dias após a inauguração, se espalharam rumores que a ponte não era segura. E essa notícia ocasionou a morte de 12 pessoas por pisoteamento. Para acabar com o rumor da segurança da ponte, 21 elefantes fizeram a travessia da Brooklyn Bridge.

Até 1944, existiam trens elevados e até 1950 era possível atravessá-la de bonde. Hoje, ao todo, a Ponte do BrooKlyn conta com 6 linhas de carro e via para pedestres e bicicletas.

Informações importantes para quando for cruzar a Ponte do Brooklyn

  • A travessia dura cerca de 40 minutos.
  • Faça o programa sem muita pressa.
  • O horário menos movimentado é pela manhã.
  • Nova York é uma cidade que venta bastante. Na ponte, o vento é ainda mais forte.
passeio em nova york
Atravessamos e conhecemos a região no nosso tour de sexta e domingo

Atravessar a Ponte do Brooklyn de bicicleta

Sempre foi um privilégio caminhar pela ponte e poder compartilhar com todos os clientes a história e as curiosidades que a envolvem. Mas confesso a vocês que das centenas de vezes que a atravessei, apenas uma única vez fiz de bicicleta.

E é legal fazer a travessia de bike?

É uma experiência bem diferente, mas eu prefiro fazê-la a pé, principalmente se a ponte estiver bem movimentada.

Há 2 pistas na ponte, uma destinada a pedestres e outra para bicicletas, mas a grande maioria de pessoas que está passeando na ponte é de turistas e eles acabam não se atentando muito para isso. Portanto, sempre tem que observar e tomar bastante cuidado, já que muitos ciclistas são moradores que não costumam pedalar devagar.

Desde já, alerto vocês. Quando estiverem atravessando a ponte, sempre caminhem no lado da direita e fiquem atentos às bicicletas.

Há pontos de aluguel da CitiBike, tanto no lado de Manhattan como no do Brooklyn. Clique aqui para visualizá-los.

Observem a sinalização no chão para pedestres e ciclitas

O que fazer quando estiver na região do Brooklyn Bridge Park

DUMBO

Atravessando a ponte sentido Manhattan – Brooklyn, do lado esquerdo temos o DUMBO.

Reserve pelo menos meio período do dia para curtir a região. E se você quer explorar mais além do o Dumbo, indico acrescentar mais algumas horinhas do seu dia.

DUMBO é a abreviação de “Down Under Manhattan Bridge Overpass”. Ou seja, é a área de passagem que fica embaixo da Manhattan Bridge. O lugar proporciona a seus visitantes uma vista espetacular de Manhattan.

O estilo arquitetônico dos edifícios construídos nos séculos XIX e XX convive em harmonia com os modernos prédios comerciais e residências nesta parte do Brooklyn.

Antigamente, a região abrigava fábricas e armazéns que acabaram sendo abandonados. Daí então, os baixos custos dos imóveis atraíram muitos artistas locais e o DUMBO se tornou um grande polo de galerias e opções para o turista.

Hoje, a região sofre os efeitos da chamada gentrificação, responsável pela mudança significativa do perfil social dos seus moradores. O investimento maciço em novas construções e na reforma de imóveis antigos aumentou significativamente o custo de moradia da região.

Nos últimos anos, a região foi “invadida” por trabalhadores do Distrito Financeiro de Nova York pela facilidade de acesso a Downtown Manhattan, aliada à alta qualidade de vida do DUMBO.

No Dumbo também encontramos o histórico Jane’s Carousel e um playground muito legal para as crianças.

Leia também: Explorando o Brooklyn!

Brooklyn Heights

Já do lado direito, temos a charmosa região do Brooklyn Heights. Indico você caminhar pela esplanada.

O Brooklyn Heights é uma área residencial composta, na sua grande maioria, das famosas townhouses que fazem parte do cenário de vários filmes e séries. Grande parte dessas casas foi construída antes da Guerra Civil americana do século XVII.

Ponte do Brooklyn
Brownstone no Brooklyn Heights

O passeio por aqui é super tranquilo e agradável. As minhas ruas preferidas são a Remsen St e a Montague St, onde os charmosos restaurantes e cafés impressionam quem caminha pelo bairro.

Aproveite para curtir a esplanada do Brooklyn Heights e a vista magnífica para a Estátua da Liberdade, East River e Brooklyn Bridge. Complete seu dia com uma visita ao Brooklyn Bridge Park.

Ponte do Brooklyn
Esplanada do Brooklyn Heights

Se você preferir voltar para Manhattan do Brooklyn Heights – pegar metrô: linha Vermelha (2) ou (3) na Clark Street (direção Manhattan).

Onde Comer

Há muitas opções para comer no lado do Brooklyn, restaurantes mais baratos ou mais caros, restaurantes para você sentar e apreciar o movimento ou até as opções grab and go!. Quem escolhe é você!

Diversos deles estão na Old Fulton St, chegando próximo à Ponte do Brooklyn, no Time Out Market ou pelas ruelas da região.

Os lugares que mais gosto são:

  • Time Out Market – mercado gastronômico
  • The River Cafe – para quem quer um ambiente mais sofisticado
  • Cecconi’s – italiano que tem vista espetacular
  • Grimaldi’s – pizzaria super tradicional
  • Juliana’s – pizzaria super tradicional
  • 1 Hotel Brookling Bridge– Rooftop
  • Shake Shack – fast food de hambúrguer
  • Luke’s Lobster Brooklyn Bridge Park – tem um delicioso Lobster Roll
  • Ample Hills Creamery – sorvetes super cremosos e deliciosos
Ponte do Brooklyn
Cecconi’s no Empire Stores

Os restaurantes Cecconi’s e The River Cafe possuem uma vista linda para a Ponte do Brooklyn à noite.

Onde fica a Ponte do Brooklyn – Google Maps

Como ir na Ponte do Brooklyn

Há várias maneiras para se chegar na Ponte do Brooklyn e fazer a sua bela travessia.

Se preferir fazer a travessia sentido:

Manhattan –> Brooklyn

  • Metrô – linhas (4), (5), (6), (R) ou (W) até estação City Hall ou (J) ou (Z) até estação Chambers Street.

Brooklyn –> Manhattan

  • Metrô – linha (A) ou (C) até estação da High Street
  • Ferry – linha East River até DUMBO
Ponte do Brooklyn
Ferry no Brooklyn Bridge Park

Brooklyn Bridge em números

  • A Ponte do Brooklyn foi a 1ª ponte suspensa a usar cabos de aço em vez de ferro.
  • Ela demorou 14 anos para ser construída e custou 15.5 milhões de dólares (valor da época).
  • A primeira pessoa a atravessar a ponte foi Emily Warren Roebling, mulher que esteve à frente da construção por 11 anos.
  • Durante a construção, 27 pessoas morreram, incluindo seu criador, John A. Roebling (sogro de Emily).
  • O nome Brooklyn Bridge só tornou oficial em 1915.
  • Mais de 140 mil carros atravessam a ponte todos os dias.
  • Para mostrar que a ponte era segura, 21 elefantes fizeram a travessia ao mesmo tempo, incluindo o famoso Jumbo.
  • Extensão da Ponte do Brooklyn – 1825m de comprimento e 26m de largura.
  • De acordo com o Departamento de Transporte, mais de 100 mil carros, 4.000 ciclistas e 10.000 pessoas atravessam a ponte diariamente.

Leia também: Hotéis bons e baratos em Nova York.

Você tem alguma dúvida sobre a Ponte do Brooklyn? Escreve aqui no comentário!

Com carinho,

Marina

Última modificação em 26 de setembro de 2020, por Marina Tajra Araujo - Criadora do Nova York & Você (NYeVc)

Uma resposta para “Ponte do Brooklyn – atravessar a Brooklyn Bridge”

  1. Verusca disse:

    Adorei a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso

Para segurança dos nossos clientes e guias, e para minimizar os riscos de propagação do COVID-19, os serviços de Walking Tour do Nova York & Você estão suspensos por período indeterminado. Esperamos que, em breve, possamos voltar a atender novos e antigos clientes para poder mostrar-lhes o melhor que nossa querida Nova York tem a oferecer.

#novayorkevoce

Poste sua foto com a #novayorkevoce e apareça aqui.